“Este novo álbum será uma mistura do que somos e no que acreditamos”-Calema

Jan 30 • Cultura, STP • 1314 Views • Sem comentários em “Este novo álbum será uma mistura do que somos e no que acreditamos”-Calema

Os rapazes de Angolares estão de volta com um novo trabalho discográfico pronto a estrear-se. “Bomu Kêlê” ou “Vamos acreditar,… em português”, é como se vai chamar o novo álbum dos Calema que fica pronto já em Abril. Um disco em que Fradique e António buscam a consagração.

A sensivelmente dois meses do lançamento de “Bomu Kêlê”, o reporterstp foi perceber junto dos rapazes de Angolares o que realmente aí vem.

“Este novo álbum mostrará realmente o que é o verdadeiro Calema. Será uma mistura do que somos e no que acreditamos. Não é em vão que o título do mesmo será Bomu Kêlê”, afirmaram.

Os Calema estão neste momento radicados em França, esperam deste disco a consagração perante o seu público, pelo que imprimiram um forte cunho pessoal, em toda a sua elaboração.

“Neste disco temos uma participação total, desde a composição de todas as músicas, a produção etc. Estamos em todo o processo, além do mais temos uma equipa magnífica que faz com que o trabalho seja espetacular”, explicaram.

Apesar de estarem a trabalhar fora do país, os Calema garantem que procuraram perpetuar a são-tomensidade nas suas músicas.

“Sinceramente achamos que os são-tomenses e não só, vão adorar. Porque fizemos os possíveis de cantar para o mundo sem no entanto, perdermos a nossa identidade, ou seja a nossa cultura. Nós acreditamos que a música são-tomense bem produzida tanto na vertente letra como também na melodia pode ter sucesso em todo o mundo”, continuaram.

Abril ainda lá vem, mas a agenda para a promoção do disco já está cheia.

“Vamos lançar o disco em Portugal fazendo Showcases em todas as Fnac’s . Depois temos também em São Tomé e Príncipe e em França. Há mais países onde queremos lançar a nossa música, mas ainda estamos em negociação”, enfatizaram.

A apresentação em São Tomé e Príncipe ainda não tem data, mas vai ser especial assumem.

“Bem em São Tomé e Príncipe ainda não sabemos quando vai ser, mas queremos fazer ali algo de qualidade, e para isso temos de organizar tudo muito bem organizado. Porque achamos que os são-tomenses merecem qualidade”, concluíram.

Oriundos de Angolares, sul de São Tomé, os Calema constituído pelos irmãos Fradique e António, esperam demonstrar com esse novo trabalho o que de melhor tem país e continuar a cantar e encantar o grande público.

Brany Cunha Lisboa

Artigo relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

« »