BISTP vai investir além fronteiras

Mai 29 • Economia, STP • 1714 Views • Sem comentários em BISTP vai investir além fronteiras

O banco Internacional de São Tomé e Príncipe quer investir noutros países do Golfo da Guiné. A intenção foi avançada esta quarta-feira pelo seu administrador João Cristóvão na cerimónia de inauguração da nova sede do banco na capital são-tomense.

O novo edifício do BISTP, passa a ser a maior atração da praça financeira são-tomense com 7 andares.

A sua inauguração serviu de mote, para o anúncio efetuado pelo seu administrador João Cristovão, que dá conta da intenção da empresa em investir além fronteiras noutros países do Golfo da Guiné, com destaque para os que fazem parte da CPLP.

“Acreditamos que ao fazer-mos isso, ajudaremos a integração regional, ajudando São Tomé e Príncipe a ser um entreposto não de escravos como foi há 500 anos, mas de serviços na sub-região”, afirmou.

A Guiné Equatorial, atualmente membro observador da CPLP, mas que pode deixar de o ser e passar à membro efetivo já na próxima cimeira, é um dos alvos do maior banco são-tomense.

As autoridades do país, acreditam que a iniciativa do BISTP pode ajudar a cumprir alguns objetivos já traçados.

“Isto viria facilitar bastante, aquilo que o governo são-tomense pretende que é maior fluxo de pessoas e negócios entre a Guiné Equatorial e São Tomé e Príncipe”, frisou o chefe de estado Manuel Pinto da Costa.

“Nós estamos aqui para apoiar, interagir com os bancos, no sentido de transformar efetivamente São Tomé e Príncipe numa praça financeira, porque a nossa posição geoestratégica, oferece todas as condições para que assim o seja” concluiu o primeiro-ministro Gabriel Costa.

O BISTP é um banco privado com três acionistas, nomeadamente o Estado são-tomense, a Caixa Geral de Depósitos de Portugal e o Banco Angolano de Investimentos. Lidera o mercado financeiro com cerca de 50 mil clientes.

Artigo relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

« »