São Tome e Principe sob ameaça de sanção da UA por não dar contribuição

Mai 23 • Economia, STP • 767 Views • Sem comentários em São Tome e Principe sob ameaça de sanção da UA por não dar contribuição

A Sub-Comissão das Contribuições da União Africana (UA) propòs ao 26º Conselho Executivo da UA) iniciada quarta-feira em Addis Abeba, para sancionar São Tomé e Principe por não pagar suas contribuições estatuárias à organização continental há mais de dois anos, soube a PANA de fonte segura.

Segundo a sub-comissão das contribuições da UA, São Tomé e Principe devia, a 1 de Janeiro de 2012 mais de três milhões e 500 mil dólares americanos à organização pan-africana.

Em virtude das disposições que regem o financiamento da UA, adotadas em 2006, qualquer país membro, que não pagar as suas contribuições estatuárias, há pelo menos dois anos, deve ser colocado sob o regime de sanções que o proibe de participar nos votos nem ter candidatos aos cargos eletivos da organização.

Se os ministros dos Negócios Estrangeiros, que compõem o Conselho Excutivo da UA, ratificarem a proposta de sanção, São Tome e Principe vai juntar-se aos países como a Guiné-Bissau e Madagáscar, punidos por causa deste incumprimento.

Três outros países, designadamente o Lesoto, a Nigéria e a Zâmbia, já se conformaram com estes requisitos para o ano orçamentário de 2014.

O orçamento previsional da UA foi fixado, para o ano 2013. em cerca de 278 milhões de dólares divididos entre contribuições dos Estados membros avaliadas em cerca de 122 milhões de dólares e o concurso de parceiros cifrado em cerca de 155 milhões de dólares americanos.

Angolapree com panapress

Artigo relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

« »