12 DE JULHO 1975- 12 DE JULHO 2015. S.T.P. 40 ANOS DE INCERTEZAS E DE INDECISÕES.

Jul 22 • Home menu, Sociedade, STP • 492 Views • Sem comentários em 12 DE JULHO 1975- 12 DE JULHO 2015. S.T.P. 40 ANOS DE INCERTEZAS E DE INDECISÕES.

O País de nome Santo celebra os seus 40 anos da Independência, numa análise o que se pode constatar é que este ainda atravessa uma onda de incerteza, uma vez que tudo ainda está“por decidir” e “por fazer”. Nessa Ilha naturalmente “abençoadas” por Deus e estão a ser maltratadas pelos seus decisores políticos, que deixaram de acreditar que as mesmas são perolas promissoras e viáveis.

Agora analisemos.

Porquê que os países pertencentes aos mesmos blocos que os nossos têm dado passos significantes, e a ilha de nome Santo continuam estagnados no seu processo de desenvolvimento?

Será falta de Competência; de Estratégias; ou de Visão?

Perante essas indagações podemos tirar as nossas próprias ilações, uma vez que, as respostas estão bem visíveis, sendo que o país, atualmente encontra-se numa encruzilhada, onde cada um quer apenas pensa em querer tirar os seus dividendos em detrimento de outrem, colocando a Nação e o Povo num autêntico abismo.

Facto, é que ao longo dos 40 Anos da Independência o Pais ainda enfrenta grandes problemas que poderão por em causa o seu Desenvolvimento, e passo a citar os seguintes:

-A Desigualdade Social;

-O Desemprego e a Violência Juvenil;

-O Custo de vida aumentado bruscamente;

-As roças e as Infraestruturas mais degradadas;

-A Política Governamental não inclusiva, e não Rigorosa;

-Desrespeito e Abuso de Autoridades do Estado perante o Povo;

-A Desordem;

-Aumento da Corrupção;

-Morosidade na Justiça;

-Perda de Valores;

-“Desunião, indisciplina e improdução” (O que se encontra na contramão das palavras de Ordem da Pátria);

-A Perda de Credibilidade a nível Internacional;

– Dentre outros…

Perante este facto, durante os anos Pós Independência não fomos capazes de transitar de categoria de um Pais Pobre para o Pais em Desenvolvimento Medio, no meu entender pelo menos percorrido os 40 anos já possuímos maturidades suficientes para coloquemos um ´´Basta“ porque o Pais precisa avançar de modo que os Lutadores e Mártires pela Independência possam alegrar e Vangloriar os grandes êxitos da sua Luta pela Independência, logrando o provérbio que diz: ´´Por maior que seja adistância, o percurso começa com o nosso primeiro passo“,

Eis que, os nossos Combatentes pela Independência, já fizeram a sua parte,deram as suas forças e até suas vidas em prol da Nação, de modo que o País pudesse conhecer dias melhores. Hoje e mais do que nunca, temos a obrigação e a responsabilidade de continuar a lutar para o bem-estar do Pais e do Povo.

Sendo que 12 de Julho de 2015, celebramos os 40 Anos da Independência aonde o pais foi marcado por várias desilusões como: Competições Politicas, Odio, desentendimentos, intriga, rancor, corrupção, o que de nada trouxe vantagem ao país. Por isso nesta data de Comemoração seria o momento de não comemoramos com festas, mas sim seria momento ideal para uma profunda reflexão, porque já é mais do que altura, de começarmos a pensar num São Tome e Príncipe melhor.

Por isso apelo aos Santomenses que todos juntos reflitamos nesses 40 Anos de Independência, para que definitivamente vislumbremos a via para um São Tomé e Príncipe melhor, próspero e inclusivo no Futuro.

Todos juntos fazemos a diferença.

Viva São Tome e Príncipe;

Viva a Independência;

Viva 40 Anos.

HILDILBERTO DIAS

CABO VERDE/PRAIA.

JULHO DE 2015.

Artigo relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

« »