Jomav e Nabian na segunda volta das eleições na Guiné-Bissau

Abr 17 • Mundo • 670 Views • Sem comentários em Jomav e Nabian na segunda volta das eleições na Guiné-Bissau

José Mário Vaz, candidato do PAIGC, e Nuno Nabian, candidato independente, vão disputar a segunda volta das eleições presidenciais na Guiné-Bissau, anunciou hoje a Comissão Nacional de Eleições (CNE).

Nas eleições legislativas, o Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) venceu, conquistando a maioria absoluta, com 55 dos 102 lugares da Assembleia Nacional Popular.

Os resultados provisórios foram anunciados ao início da noite por Augusto Mendes, presidente da Comissão Nacional de Eleições (CNE), numa cerimónia num hotel de Bissau sob um forte dispositivo de segurança, com homens armados a guardar todo recinto.

O ato eleitoral decorreu no domingo e estão ainda por apurar os votos da diáspora, correspondentes a 22.312 eleitores, que elegem dois deputados – dados que segundo Augusto Mendes serão divulgados dentro de 48 horas.

A segunda volta das eleições presidenciais está marcada para 18 de maio.

O presidente da CNE divulgou os seguintes resultados provisórios das eleições presidenciais:

José Mário Vaz, PAIGC: 252.269 votos – 40,98%

Nuno Nabian, independente: 154.784 votos – 25,14%

Paulo Gomes, independente: 60.783 votos – 9,87%

Abel Incada, PRS: 43.293 votos – 7,03%

Iaia Djaló, PND: 28.068 votos – 4,56%

Ibraima Sori Djaló, PRN: 19.209 votos – 3,12%

Afonso Té, PRID: 18.398 votos – 2,99%

Hélder Vaz, RGB: 8.516 votos – 1,38%

Domingos Quadé, independente: 8.432 votos – 1,37%

Aregado Mantenque, PT: 7.105 votos – 1,15%

Luís Nancassa, independente: 6.815 votos – 1,11%

Jorge Malú, independente: 5.946 votos – 0,97%

Cirilo Oliveira, PS-GB: 2.036 votos, 0,33%

Total de votos: 615.654

Com base nestes dados e no total de eleitores recenseados (775.508), a taxa de participação foi de 79,38 por cento.

Augusto Mendes divulgou também o número de mandatos conquistados por cada partido na Assembleia Nacional Popular:

PAIGC – Partido Africano para a Independência ad Guiné e Cabo Verde – 55 deputados

PRS – Partido da Renovação Social – 41 deputados

PCD – Partido da Convergência Democrática – 2 deputados

PND – Partido da Nova Democracia – 1 deputado

UM – União para a Mudança – 1 deputado

Na declaração, o presidente da CNE acrescentou que o povo guineense “fez história e deu um sinal claro de um novo envolvimento, ativo e participativo” nos destinos da nação.

SIC-Notícias com Lusa

Artigo relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

« »