«Crise energética»Gabriel Costa pede paciência à população

Mai 28 • Política, STP • 1045 Views • Sem comentários em «Crise energética»Gabriel Costa pede paciência à população

O primeiro-ministro são-tomense diz que estão a ser resolvidos os problemas técnicos com vista a reposição da normalidade no fornecimento de energia elétrica no país, mas a população mostra-se farta de promessas.

Sobe o tom do descontentamento da população em relação a mais esse período de crise energética que já dura há mais de 3 meses.

“O país se almeja mesmo o desenvolvimento, tem que resolver a questão da energia”, “População já está farta dessa energia que vai embora todos os dias”, “Assim o negócio não aguenta, eu tive de arranjar um gerador mas mesmo assim a gasolina é muito cara, nós não podemos contar com a EMAE, com quem vamos contar”, constatou o reporterstp.info num vox-pop realizado na capital são-tomense.

O chefe do executivo que efetuou esta segunda-feira uma visita à EMAE para acompanhar os trabalhos técnicos de manutenção dos grupos geradores pede paciência à população.

“Pedimos calma e paciência à população, já que não é uma vontade deliberada de não querer fornecer energia às pessoas, há de facto problemas técnicos e estamos a fazer de tudo para resolve-los”, assegurou.

As crises energéticas representam um cancer no desenvolvimento de São Tomé e Príncipe, têm sido um problema transversal aos sucessivos governos da república e um fardo cada vez mais pesado para as populações das duas ilhas.

País de água abundante, o arquipélago são-tomense tem pelo menos duas centrais hídricas, a do Guêgue e a do Contador e mais umas quantas no papel, no entanto, é a energia térmica que é cada vez mais uma realidade, com destaque para a novissíma central de Santa Amaro com capacidade para 8,5 megawatts de energia, mas que pelos vistos, não tem representado a solução para estancar a crónica crise energética do país.

Brany Cunha Lisboa

Artigo relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

« »