Espancamento perpetrado por militares são-tomenses dá origem ao Conselho Superior de Defesa Nacional

Jan 16 • Política, STP • 635 Views • 3 comentários em Espancamento perpetrado por militares são-tomenses dá origem ao Conselho Superior de Defesa Nacional

O pedido é do governo de Patrice Trovoada ao Presidente da República Pinto da Costa. O executivo pede a marcação de um conselho superior de defesa nacional de urgência, para discutir a atitude dos militares, incluindo de altas patentes, num vídeo que circula nas redes sociais.

O ministério da defesa e do mar por sua vez, já instaurou um inquérito para perceber os meandros da questão.

“Depois de ouvir-mos as partes vamos apurar  as responsabilidades e se for para punir os intervenientes vamos fazê-lo”, garantiu o ministro Carlos Stock.

No vídeo que circula nas redes sociais, vê-se entre vários militares o próprio chefe de estado maior o brigadeiro Justino Lima, a agredir brutalmente um suposto “ladrão” apanhado pelos militares. O indivíduo espancado, que inicialmente pensava-se ser apenas um “ladrão de horta” é alegadamente um delinquente reincidente em assaltos e que desta vez teria subtraído dinheiro e uma arma de fogo do quartel militar.

Ainda assim, perante a brutalidade imprimida pelos militares, traduzida em imagens chocantes, o caso já causou indignação de várias pessoas, sobretudo dos internautas são-tomenses residentes fora do país. Abre-se aqui, interrogações quanto a questão dos direitos humanos e a atitude exemplar que deve caracterizar as forças militares. O mau exemplo exibido pelo líder dos militares e os seus pupilos já foi reprovado pela opinião pública, agora vai ser discutida em sede de conselho superior de defesa nacional, entre o governo, o Presidente da República e os demais conselheiros.

Brany Cunha Lisboa

Artigo relacionado

3 Responses to Espancamento perpetrado por militares são-tomenses dá origem ao Conselho Superior de Defesa Nacional

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

« »