Morreu Fidel Castro

Nov 26 • Mundo, Política • 329 Views • Sem comentários em Morreu Fidel Castro

O líder histórico da revolução cubana morreu às 22h29 de Havana, 3h29 de Lisboa. Para uns foi um herói, para outros um ditador. O anúncio da sua morte foi feito esta madrugada pelo irmão na televisão cubana. Um mês antes de morrer recebeu o Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa

Fidel de Castro, o líder histórico da revolução cubana, vai ser cremado este sábado. O anúncio foi feito pelo seu irmão Raúl Castro: “Em conformidade com a vontade expressa pelo camarada Fidel, os seus restos mortais vão ser cremados às primeiras horas” de sábado, disse o Presidente cubano na televisão estatal.

O anúncio foi feito pouco depois da meia-noite em Havana, 5h00 da manhã em Portugal, na televisão estatal: “O histórico líder cubano, Fidel Castro, morreu aos 90 anos”, anunciou Raul Castro.

Fidel vai ser cremado, de acordo com a sua “expressa vontade”. Raúl Castro terminou o breve discurso que fez anunciando a morte do irmão, com a frase “Hasta la victoria siempre”.

 

GRANMA

FIDEL RECEBEU MARCELO UM MÊS ANTES DE MORRER

Um mês antes de morrer, recebeu o Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa, num encontro privado em Havana.

Na edição de 27 de outubro, o “Granma” – jornal oficial do Comité Central do Partido Comunista de Cuba – relatava a visita como um “encontro amigável” entre os dois políticos, onde foram abordados diversos assuntos internacionais, nomeadamente as relações bilaterais entre os dois países.

Fidel Castro agradeceu a posição de Portugal relativamente a Cuba, depois de o seu irmão e atual Presidente cubano Raul Castro ter também recebido o PR português por ocasião da sua primeira visita oficial e privada ao país.A útlima vez que apareceu em público foi no dia 15 de novembro, na altura em que recebeu na sua residência o Presidente do Vietname, Tran Dai Quang.

A 31 de julho de 2006, Fidel Castro decidiu afastar-se devido a problemas de saúde e delegou a liderança do regime cubano ao irmão Raul, mais novo cinco anos. A passagem de testemunho seria definitiva dois anos mais tarde.

O DISCURSO DE ABRIL

Nos últimos dez anos, apareceu poucas vezes em público. Em abril deste ano, Fidel Castro, apareceu no VII Congresso do Partido Comunista de Cuba e discursou na sessão de encerramento: “Talvez esta seja a última vez que falo nesta sala. Em breve cumprirei 90 anos, não em resultado de nenhum esforço mas por capricho do destino. Sou como todos os demais: também chegará a minha hora”.

Fidel Alejandro Castro Ruz nasceu a 13 de agosto de 1926, em Birán, uma pequena localidade do município cubano de Mayari, filho de uma família de origens galegas. Frequentou a Faculdade de Direito em Havana.

Esteve 47 anos no poder. Gerou ódios e amores. Inimigos e seguidores. Foi uma das persogens mais carismáticas e polémicas da história da segunda metade do século XX.

Fonte: expresso online em http://expresso.sapo.pt/internacional/2016-11-26-Morreu-Fidel-de-Castro

Artigo relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

« »