Não existem engenheiros informáticos em STP?

Jun 13 • Política, STP, Tecnologia • 1526 Views • 2 comentários em Não existem engenheiros informáticos em STP?

A pergunta é do reporterstp.info, numa altura em que já chegou ao país o primeiro dos 4 engenheiros informáticos de uma empresa sul-africana para resolver o problema da base de dados da comissão eleitoral nacional. Apesar dos equipamentos informáticos terem sido disponibilizados pela tal empresa sul-africana, não haverá em STP técnicos e engenheiros informáticos capazes de resolver o problema?

Numa altura em que São Tomé e Príncipe tem investido fortemente na capacitação e formação de quadros, tanto nacional como internacionalmente, o país parece passar um atestado de incompetência aos formados na área da informática. Será que não existem bons engenheiros informáticos no arquipélago?

É preciso fazer-se deslocar engenheiros e técnicos da Africa do Sul, para resolver os problemas da base de dados da CEN, mesmo que esses equipamentos informáticos tenham sido fornecidos por uma empresa daquele país?

São perguntas que ficam no ar, agora que já se encontra em território são-tomense o primeiro dos 4 engenheiros sul africanos, que deverão resolver o problema.

O presidente da comissão eleitoral nacional Victor Correia, falou aos jornalistas durante a cerimónia de empossamento de novos membros da CEN, mas não quis avançar datas para o início da atualização dos cadernos eleitorais.

“Eu não gosto de falar em datas, quando as coisas não dependem de mim. Eu não conheço os meandros informáticos, eu não sou engenheiro por isso, vamos esperar para ver”, garantiu.

Por sua vez, a agência das nações unidas que facilitou a vinda dos engenheiros sul-africanos à São Tomé, assegurou que o problema da base de dados da CEN ficará resolvido dentro de sensivelmente um mês.

No entanto é preciso ainda resolver a questão financeira, que é outro dos motivos que levou o presidente da república Manuel Pinto da Costa a adiar as eleições autárquicas de Julho deste ano, e propor a realização de eleições conjuntas em 2014.

Relembre-se que eram necessários segundo a CEN, mais de 500 mil euros para a realização das autárquicas de Julho.

Brany Cunha Lisboa

Artigo relacionado

2 Responses to Não existem engenheiros informáticos em STP?

  1. Antonio Rta diz:

    S.T.P esta indo nesse ritmo a vários anos não se da valor as pessoas da terra somos humilhado quase todos os dia o pouco que aprendemos com nossa esperteza não colocamos em pratica , e assim estamos a desmotivar em cada dia que ouvimos uma noticia igual a essa em que chegara pessoas de outro pais para fazer algo que nos sabemos fazer é muito triste

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

« »