Osvaldo Abreu garante estabilidade aos empresários angolanos

Jun 30 • Política, STP • 927 Views • Sem comentários em Osvaldo Abreu garante estabilidade aos empresários angolanos

“A estabilidade política é um elemento fundamental para que os empresários sintam que os seus investimentos tenham garantia”, declarou o ministro das Obras Públicas, Osvaldo de Abreu.

O Governo de São Tomé e Príncipe garantiu, sexta-feira, que o país regista estabilidade política para que os investimentos angolanos sejam salvaguardados. A informação foi dada pelo ministro das Obras Públicas, Infraestruturas, Recursos Naturais e Meio Ambiente, Osvaldo de Abreu, ao grupo de empresários angolanos que se encontra desde sexta-feira neste país para juntamente com o empresariado local formar parcerias de negócios.

Para o ministro, São Tomé dá aos investidores angolanos todas as garantias necessárias para que o seu investimento tenha frutos, desde o ponto de vista legal de ambiente de negócios e também da própria estabilidade.

“A estabilidade política é um elemento fundamental para que os empresários sintam que os seus investimentos tenham garantia, pois é nossa responsabilidade”, disse.

Osvaldo de Abreu acrescentou que se está no caminho certo, tendo em conta o que se vê neste momento com a interligação entre o Presidente da República e o primeiro-ministro são tomense, que transmitem à sociedade que é possivel garantir esta estabilidade.

O ministro Osvaldo de Abreu recordou que recentemente estiveram em Angola o Presidente da República, Manuel Pinto da Costa, e o primeiro-ministro, Gabriel Costa, que foram recebidos pelo presidente angolano, José Eduardo dos Santos, e transmitiram à sociedade e empresários angolanos que São Tomé está aberto para o investimento angolano.

Acrescentou que as áreas prioritárias, que são aquelas que representam a estrutura para o investimento global, são a energética, infraestruturas (portos, aeroportos e transporte marítimo) e também a saúde e educação, com a construção de mais escolas e hospitais.

Reporterstp com África21 e Angop

Artigo relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

« »