Pinto da Costa em Dili para efetivação da Guiné Equatorial

Jul 21 • Política, STP • 721 Views • Sem comentários em Pinto da Costa em Dili para efetivação da Guiné Equatorial

O presidente são-tomense já se encontra em Dili para a X cimeira da CPLP. O chefe de Estado são-tomense vai apadrinhar a efetivação da Guiné Equatorial, como membro de pleno direito da comunidade de língua portuguesa. A chegada à capital timorense, realçou que o entrosamento económico entre todos os Estados membros pode contribuir em grande medida para perpetuar os laços históricos e de amizade que os une.

Pinto da Costa é dos primeiros chefes de Estados a aterrar em Dili para a X cimeira da CPLP que se inicia a 23 deste mês.

O presidente são-tomense chegou de boleia do avião de Teodoro Obiang Nguema e espera ver a Guiné Equatorial passar a membro efetivo e de pleno direito da comunidade já nesta cimeira de Dili.

Costa deixou também palavras de apresso à Timor Leste. Destacou a sua luta para o desenvolvimento e enfatizou que “São Tomé e Príncipe está sempre ao lado de Timor Leste e do povo timorense e sobretudo agora no quadro da CPLP”.

Para Pinto da Costa, “o reforço das transações económicas entre os diversos Estados da comunidade, vai concorrer para reforçar também os laços históricos e de amizade existentes”.

A entrada da Guiné Equatorial para a CPLP, é um tema que até agora quando estamos a poucos dias da cimeira ainda não reuniu total consenso dentro da comunidade. No entanto, essa efetivação não deverá estar em causa, já que, os interesses económicos deverão sobrepor-se desta vez aos interesses culturais e linguísticos.

Vozes intelectuais de Cabo Verde e Guiné Bissau por exemplo, já vieram ao público afirmar que esse é um assunto que devia merecer um maior debate no seio das sociedades que compõem a comunidade.

Na cimeira de Dili não deverão estar presente o presidente angolano José Eduardo dos Santos e do Brasil Dilma Rouseff. Em suas representações vão estar o vice angolano Manuel Vicente e o ministro de Estado e das Relações Exteriores do Brasil Luís Alberto Figueiredo Machado.

Brany Cunha Lisboa

Artigo relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

« »