Portugal ajuda a proteger zona económica exclusiva são-tomense

Jun 17 • Política, STP • 829 Views • Sem comentários em Portugal ajuda a proteger zona económica exclusiva são-tomense

O acordo para o efeito, já foi rubricado pelos ministros da defesa dos dois países e visa entre outras coisas, o combate a pirataria e ao narcotráfico.

Numa altura em que é cada vez mais crescente a preocupação com o aumento da pirataria no Golfo da Guiné, São Tomé e Príncipe procura auxílio para proteger a sua zona económica exclusiva. Portugal, já se pôs a disposição das autoridades são-tomenses para ajudar nesse sentido.

“Quando for necessário, São Tomé em função da responsabilidade que tem, fará não só através de meios navais, mas também aéreos. Portugal tem um equipamento que permite fazer essa vigilância, essa observação ao nosso pedido” esclareceu o ministro da defesa são-tomense Oscar de Sousa.

O país busca apoio internacional para proteção marítima, quando já se assiste a uma proliferação do narcotráfico através dos mares das ilhas. Facto que não escapa a lista de delitos a combater com ajuda portuguesa nas águas do arquipélago.

“Tudo que tem a ver com o combate ao narcotráfico, a pirataria, e a todas as matérias que são pertubadoras também nesse contexto internacional devem merecer a nossa melhor atenção”, garantiu o titular da defesa portuguesa Aguiar Branco.

Sendo Portugal,  de acordo com Oscar de Sousa, país integrante de uma grande organização de defesa internacional, é um imperativo para São Tomé e Príncipe beber dessa experiência.

Aguiar Branco por seu turno, já garantiu que “ esse acordo visa uma ação que é prioritária, visa uma ação que é importante quer para a Repúbllica de São Tomé e Príncipe quer para a comunidade internacional, e como é uma matéria importante serão adecuados meios a medida que essas situações aconteçam que sejam os mais adecuados”.

Brany Cunha Lisboa

Artigo relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

« »