PR mostra total abertura pessoal e institucional para trabalhar com o novo executivo

Nov 23 • Política, STP • 525 Views • Sem comentários em PR mostra total abertura pessoal e institucional para trabalhar com o novo executivo

O presidente Pinto da Costa assumiu uma postura de total abertura para trabalhar com o ADI e Patrice Trovoada vencedores das últimas legislativas. O chefe de Estado que falava na cerimónia de investidura dos novos deputados à Assembleia Nacional, garantiu que a vontade do povo expressa nas urnas deve ser respeitada.

Manuel Pinto da Costa não tem dúvidas de que é preciso haver estabilidade para que o próximo governo consiga implementar os desígnios do seu programa já aprovado pelo eleitorado.

“Como presidente da República felicito o ADI pela vitória alcançada, manifestando desde já total disponibilidade pessoal e institucional para que o novo executivo tenha todas as condições para governar durante os próximos 4 anos”, acentuou o Presidente da República Pinto da Costa.

Patrice Trovoada que deverá tomar posse brevemente como novo primeiro-ministro são-tomense, aplaudiu na primeira pessoa o esforço e as palavras de Pinto da Costa.

“Há dois discursos importantes, o discurso do presidente da Assembleia Nacional que traçou as linhas através das quais ele pensa conduzir os trabalhos do parlamento, e tivemos também o discurso do presidente da República que também demonstrou a disponibilidade para podermos ter um relacionamento normal, leal, entre as várias instituições e sobretudo os órgãos de soberania”, destacou Patrice Trovoada.

O líder do ADI e vencedor das últimas legislativas acredita por tudo isto, que estão criadas as bases e o ambiente de consenso ideal para implementação do seu programa de governação.

“Os próximos tempos serão tempos de trabalho, de consenso, de responsabilidade para o bem de São Tomé e Príncipe”, afirmou Patrice Trovoada.

Os 55 novos deputados à Assembleia Nacional já foram empossados, bem como o novo presidente da instituição e os seus dois vice-presentes já foram eleitos. As escolhas recaíram nas pessoas de José Diogo do ADI para presidente e Levy Nazaré do ADI e Maria das Neves do MLSTP/PSD para os lugares de vice.

A nova Assembleia Nacional fica portanto, constituída por uma maioria parlamentar do ADI com 33 assentos, seguindo-se do MLSTP/PSD como maior força na oposição com 16 deputados, o histórico PCD desta-feita com apenas 5 cadeiras e o estreante UDD com 1 representante.

Brany Cunha Lisboa

RM:STPTV

Artigo relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

« »