Redes Sociais vs Campanha Eleitoral

Out 6 • Política, Sociedade, STP • 100 Views • Sem comentários em Redes Sociais vs Campanha Eleitoral

Nos dias que correm é quase impossível renegar o poder das redes sociais na sociedade. Lá se mostra, se descute, se decide e até se julga pessoas, assuntos ou mesmo destinos mais ou menos mediáticos. No que as eleições políticas diz respeito, há provas mais do que suficientes de que as redes sociais podem eleger ou destruir candidaturas de qualquer político. Não nos esqueçamos da eleição de Donald Trump e da queda abrupta de Hilary Clinton após comandar todas as sondagens. Outro exemplo mais recente é o de Jair Bolsonaro, candidato à presidência do Brasil que apesar de ser assumidamente xenófobo, racista e contra as menorias, também é um astro das redes sociais e lidera todas as sondagens para a eleição de 7 de Outubro.

São Tomé e Príncipe também vai escolher neste domingo novos líderes para o arquipélago, com a realização das eleições legislativas, autárquicas e regional. Apesar deste sábado ser considerado o dia de reflexão, em que é proibido por lei fazer campanha, as redes sociais não param. Os partidários dos principais candidatos, continuam a queimar os últimos cartuchos, ora ao inaltecer a pessoa do seu candidato ou ao depreciar o candidato da oposição.

As redes sociais, sobretudo o Twiter e o Facebook, estão inundadas de posts que visam angariar votos. Os indecisos são os principais targets das mensagem, já que são precisamente os que deverão fazer a diferença no dia da votação.

As redes sociais são na verdade armas muito poderosas nas mãos de pessoas que por amor a camisola, muitas das vezes não têm qualquer pudor em expôr o contrário em prol dos seus interesses. As redes sociais são como um mundo a parte, sem regras e fronteiras visíveis onde todos e todas ditam a verdade através dos seus posts. Desta forma, os resultados das eleições deste domingo continuarão a ser influenciados até que haja o veredito final.

Brany Cunha Lisboa

Foto: google.pt

Artigo relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

« »