É mais fácil interpretar dados demográficos em São Tomé e Príncipe

Dez 31 • Sociedade, STP • 599 Views • 2 comentários em É mais fácil interpretar dados demográficos em São Tomé e Príncipe

O país inaugurou o seu primeiro Atlas demográfico. Um conjunto de mapas e gráficos que vai tornar mais fácil a interpretação e a análise dos dados demográficos, para um melhor aproveitamento dos mesmo por parte das empresas, público em geral e os decisores políticos.

O Atlas demográfico de São Tomé e Príncipe vai ajudar por exemplo na elaboração dos planos de urbanização, matéria pertinente num país em que sobretudo a capital cresce desajustadamente em termos demográficos quando comparada com outras regiões.

“O atlas dá a possibilidade de análise dos contrastes demográficos, as desigualdades distritais”, garante a diretora das estatísticas, Elsa Cardoso.

O documento deverá estar doravante ao alcance de qualquer um e do público em geral, mas o ministro da Economia e Cooperação Internacional Agostinho Fernandes, destaca a sua importância para a classe decisora.

“As estatísticas oficiais são de facto uma base determinante para o funcionamento harmonioso de qualquer sociedade, tendo por isso que responder adequadamente as necessidades de todos os utilizadores, desde os decisores políticos, atores económicos e sociais, investigadores, estudantes e até aos órgãos de comunicação social, sem ignorar a sociedade civil que cada vez mais participa ativamente na tomada de decisões coletivas”, afirmou.

Japão, o Banco Africano para o Desenvolvimento, BAD e o instituto nacional de estatísticas do Brasil foram alguns dos parceiros do arquipélago na elaboração deste primeiro Atlas demográfico de São Tomé e Príncipe.

Brany Cunha Lisboa

RM:RDPAfrica

Artigo relacionado

2 Responses to É mais fácil interpretar dados demográficos em São Tomé e Príncipe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

« »