Presidente são-tomense declara guerra ao banho

Dez 3 • Sociedade, STP • 874 Views • 2 comentários em Presidente são-tomense declara guerra ao banho

O chefe de estado Manuel Pinto da Costa, pediu combate cerrado à compra de consciência no atos eleitorais, o chamado “Banho”. Pinto da Costa é de opinião de que o banho tem sérias influências nos resultados eleitorais.

O presidente são-tomense que falou na abertura da conferência sobre o Contencioso, Justiça e conflitos Eleitorais que decorre na capital do país, garantiu que esta não poderia acontecer em momento mais oportuno.

“Esta conferência surge numa altura em que estamos a nos preparar para realizar em 2014 dois atos eleitorais muitos importantes, que são as eleições legislativas e autárquicas e regional do Príncipe.”, explicou.

Pinto da costa declarou guerra a compra de consciência ou banho já que entende que esta prática tem fortes influências nos resultados finais dos escrutínios.

“É preciso encontrar mecanismos para combater o banho em São Tomé e Príncipe, já que esta prática condiciona a consciência de quem sai de casa para ir votar”, pontuou.

A conferência sobre o Contencioso, Justiça e Conflitos Eleitorais de São Tomé e Príncipe surge no seguimento das Conferências da Praia e de Maputo, submetidas ao mesmo lema e que permitiram juntar representantes dos órgãos de gestão eleitoral, juízes dos Tribunais Constitucionais e técnicos eleitorais dos PALOP, Timor-Leste, Brasil e Portugal para trocar experiências e discutir de forma comparada os seus respetivos contextos, desafios e potenciais soluções.

Dura até quinta-feira.

Brany Cunha Lisboa

Artigo relacionado

2 Responses to Presidente são-tomense declara guerra ao banho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

« »