Soldado britânico é vítima de ataque terrorista em Londres

Mai 22 • Mundo, Sociedade • 779 Views • Sem comentários em Soldado britânico é vítima de ataque terrorista em Londres

A Scotland Yard anunciou nesta quarta-feira ter atirado em dois homens que mataram um soldado em Woolwich, no sudoeste de Londres. As autoridades britânicas ainda não deram maiores detalhes sobre o caso, mas o premiê David Cameron denunciou um ataque “bárbaro” e “inegavelmente terrorista.”
No local do ataque foram encontradas uma arma de fogo, facas e uma machete. Segundo testemunhas, os dois homens atacaram violentamente o soldado, e abandonaram o corpo na calçada em seguida.

Os moradores do bairro afirmam ter ouvidos vários tiros, e gritos de “Allah, Akbar”. Em um vídeo amador, transmitido pelo canal ITV, os dois suspeitos aparecem segurando facas e a machete ensanguentada. Segundo a imprensa britânica, a vítima, um soldado, pode ter sido decapitada, mas a informação não foi confirmada pela polícia. Os dois suspeitos foram hospitalizados em locais diferentes, de acordo com Simon Letchford, responsável da Scotland Yard.

Nesta quarta-feira em Bruxelas, o premiê britânico disse apenas disse que se tratava de uma morte “extremamente chocante”, e pediu ao ministro do Interior que convocasse às pressas uma reunião do comitê Cobra, formado por ministros e responsáveis de segurança.

Mais tarde em Paris, onde se encontrou com o presidente francês François Hollande, ele denunciou o “ato de bárbarie ocorrido no subúrbio de Londres”, durante uma coletiva no palácio do Eliseu. David Cameron também anunciou que outra uma reunião sobre o assunto acontecerá nesta quinta-feira, dizendo que a “Grã-Bretanha não cederá jamais às ameaças terroristas.”

O presidente francês também reagiu, se dizendo “solidário” depois do assassinato covarde do soldado. Devemos lutar contra o terrorismo de todas as maneiras, o que supõe troca de informações e um trabalho conjunto entre nossos serviços secretos”, acrescentou.

RFIportuguês

Artigo relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

« »