STP reforça guarda costeira contra pirataria marítima

Mar 20 • Sociedade, STP • 1658 Views • 1 comentário em STP reforça guarda costeira contra pirataria marítima

A marinha real britânica está a formar militares da guarda costeira são-tomense em matéria de segurança marítima. Numa altura em que o Golfo da Guiné está a ser fortemente atacado pelo fenómeno da pirataria, o país melhora a suas capacidades de combate e prevenção com apoio inglês.

Os dados da  ‘Safety and Shipping Review 2014’, da seguradora Allianz Global, dizem que o Golfo da Guiné é “um foco emergente de pirataria”, com 48 incidentes registados em 2013, o que representa 18% dos ataques em todo o mundo.

Números preocupantes que põem São Tomé e Príncipe em alerta.

“Nós assistimos a um aumento vertiginoso do número de piratas que operam sobretudo no Golfo da Guiné, muito mais do que na Somália”, constatou o chefe do governo são-tomense Gabriel Costa.

As ilhas têm uma extensão marítima rica, não só no pescado mais também nos hidrocarbonetos, que perfazem motivos mais do que suficientes para preparar uma boa defesa das suas águas.

“Isto tem atraído muita gente para o Golfo da Guiné e tem aumentado o número significativo de piratas, as vezes com situações ou casos de reféns e as vezes até acontecem mortes”, pontuo.

Por tudo isto, sargentos e soldados da guarda costeira nacional estão a ser formados pela marinha real britânica, no quadro da cooperação militar entre os dois países.

Uma cooperação que para além de treino, pode também resultar no apetrechamento da guarda costeira nacional pela marinha de guerra inglesa.

Ainda no quadro da pirataria no Golfo da Guiné, a capital são-tomense acolheu uma conferência internacional, em que tomaram parte investigadores, Interpol, peritos em pescas e oficiais das forças marítimas regionais das comunidades económicas dos Estados da África Central (CEEAC) e da África Ocidental (CEDEAO) e o antigo presidente são-tomense Miguel Trovoada, atual presidente da Comissão para o Golfo da Guiné.

Brany Cunha Lisboa

Foto Google

Artigo relacionado

One Response to STP reforça guarda costeira contra pirataria marítima

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

« »