STP apoia proclamação do ano internacional dos pequenos estados

Fev 25 • STP • 711 Views • 1 comentário em STP apoia proclamação do ano internacional dos pequenos estados

O suporte foi tornado público pelo embaixador do arquipélago, nos Estados Unidos Carlos Neves, em declaração a rádio ONU. Neves, acredita que a proclamação de 2014 como o ano dedicado aos pequenos Estados, pode propiciar maiores apoios de países parceiros no fomento da economia através da resolução de problemas ligados às mudanças climáticas e a exploração marítima.

O embaixador de São Tomé e Príncipe nos Estados Unidos Carlos Neves, mostra-se preocupado com a pirataria marítima cada vez mais crescente na região do Golfo da Guiné.

“Nós temos uma área marítima extremamente grande e estamos situados numa zona que de alguma forma tem grande potencial de exploração petrolífera. Nós neste momento estamos a ser fortemente afetados pela questão da pirataria e a defesa do espaço marítimo arquipelágico é mais complicado. Neste momento, este é um dos grandes problemas de São Tomé e Príncipe”

Carlos Neves conta com o apoio de países parceiros no sentido de as ilhas garantirem a sua segurança marítima e retirarem maior partido do mar exclusivo que estima-se ser 160 vezes maior do que a área terrestre.

As consequências das alterações climáticas também fazem parte dos constrangimentos que têm condicionado o desenvolvimento da economia do país. Neves realça que este é um problema transversal à todos e se houver ajuda dos parceiros para mitiga-lo sairão todos a ganhar.

“No caso de São Tomé e Príncipe, os projetos que estão a ser definidos, quer em matéria do Turismo, quer em matéria de Agricultura ou Segurança Alimentar poderão nos próximos anos permitir que São Tomé e Príncipe se torne numa economia com alguma sustentabilidade”

Neste sentido, o diplomata nacional acredita que a proclamação de 2014 como ano internacional dos pequenos Estados, será uma mais valia sobretudo para Estados insulares como é o caso de São Tomé e Príncipe. Carlos Neves explica que é chegada a hora de sensibilizar os países parceiros para um maior apoio às economias dos pequenos Estados, já que estas têm por sua vez uma influência muito importante na economia mundial.

Brany Cunha Lisboa

Artigo relacionado

One Response to STP apoia proclamação do ano internacional dos pequenos estados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

« »