STP quer criar um sistema nacional de avaliação e creditação do Ensino Superior

Abr 20 • Educação, STP • 622 Views • Sem comentários em STP quer criar um sistema nacional de avaliação e creditação do Ensino Superior

A iniciativa do ministério da educação, que quer fundar um sistema nacional de avaliação e creditação do Ensino Superior deverá se traduzir em estudantes capazes de representar o país e de competir com estudantes de outras paragens. A primeira fase do processo, que arranca em Maio deverá culminar com o primeiro fórum do Ensino Superior das ilhas.

O objetivo é dinamizar o Ensino Superior são-tomense no quadro de um plano estratégico de desenvolvimento do setor a ser traçado.

O ministério da educação tem na forja a realização do primeiro fórum do Ensino Superior do país, pelo que, é preciso conhecer in loco, os problemas e os desafios deste nível de ensino em São Tomé e Príncipe.

“É um trabalho que passa por uma análise do próprio sistema do ensino superior em São Tomé e Príncipe, um diagnóstico desde a avaliação das instituições, do ensino, dos cursos, a criação de alguns normativos de sistema nacional de avaliação e creditação dos cursos e também o plano estratégico de desenvolvimento do ensino superior em São Tomé e Príncipe”, explica o ministro da Educação e Ciências Olínto Daio.

Um país composto por duas ilhas, em 40 anos de independência conta apenas com três instituições de formação superior, todas elas na ilha maior, São Tomé. É caso para perguntar para quando uma universidade no Príncipe?

Ainda assim, Olínto Daio garante que a reforma que começa já em Maio visa, sobretudo fazer com que,” os estudantes das instituições existentes possam representar o país e competir com estudantes de outras paragens”.

Brany Cunha Lisboa

Artigo relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

« »